15 abril, 2011

morada





Botero, Fernando
house
(1995)



Se alguém me explicar porque é que dificultar-se a compra de casa ao comum dos mortais (encarecendo as casas) é uma das medidas que pode ajudar a "salvar" o país, pela diminuição do endividamento das famílias, eu agradecia. Será que recorrer ao crédito para comprar a casa significa o mesmo que recorrer ao crédito para fazer um cruzeiro, pagar a boda de casamento, comprar uma segunda casa da praia ou da montanha... ? Porque é que comprar a própria casa não pode ser visto como uma forma de poupança? Sim, parto do princípio de que toda a gente deve morar numa casa...

Vinícius de Morais, a casa

12 comentários:

anamar disse...

Pertinente...
Têm que embirrar por algum lado...
:))
Bj, maria do sol

Rogério Pereira disse...

Se vai pretender
saber
da justiça da medida
uma a uma...
A MdSol
pumba
fica choné!
Olaré

:))

Maria disse...

...............
Pois!!!!!!
E ao mesmo tempo somos 'bombardeados' pelos bancos a oferecerem-nos cartões de crédito... a bota não diz com a perdigota. Ou é assim mesmo que eles querem que seja, pois claro!

Gosto de Botero!
:)

Fernando Vasconcelos disse...

Se bem me lembro das minhas aulas de economia é porque a construção é uma das actividades com mais incorporação de mão de obra nacional. Ou seja o $ que gasta na compra de casa é re-injectado na economia por várias vezes criando assim uma circulação artificial de riqueza. Como esta provém do crédito não só do lado do consumo dos particulares como também dos construtores (que pedem emprestado aos bancos para construir) limitar o acesso ao crédito em teoria cura o excesso de procura ... Não se esqueçam que o FMI corta a direito. Pouco importa se faz sentido ou não. A única coisa que conta é o resultado final, os mortos e feridos que se aguentem.

Blondewithaphd disse...

Sim, de facto é uma forma de poupança enquanto essas outras compras que elencas são uma forma de consumo.

Justine disse...

As medidas não são lógicas nem racionais, o FMI não é lógico nem racional, os "mercados" - o que quer que isto seja - não são lógicos nem racionais!

jrd disse...

O que eles querem mesmo é ver a malta debaixo das pontes.

lino disse...

Acho que é apenas porque não são capazes de pôr os bancos a serem criteriosos no crédito. Foi por isso que aconteceu o subprime nos Estados Unidos com todas as consequências a nível mundial, por falta de regulação e por aventureirismo. É muito mais fácil bater no mexilhão.

Francisco Clamote disse...

Também não percebi. Mentes brilhantes!

Mónica disse...

explico, mas n tenho argumentos sustentados. comprar casa é uma exclusividade europeia. alguém compra a casa que precisa ou todos compram a casa que sonham? quem paga o diferencial?

Mdsol conheces aquela história do saco de pedras? n sei contar, mas mais ou menos, qdo a riqueza está toda numa mão a outra inevitavelmente fica pobre.

Mónica disse...

n tenho casa nem tenho carro nem tenho muitas coisas q todos têm, sabes pq? sou contra viver acima das minhas possibilidades, só tenho aquilo q posso ter. por mim o país n tem dividas :DDDD simples aritmética. é q o falta aos portugueses e governantes q incentivaram o consumo desenfreado como solução para o crescimento economico, tá errado, e vê-se. as pessoas compram contando com o que ainda virão a auferir. tá errado. e são estupidas.

a medida vai contribuir para q as pessoas PENSEM, FAÇAM contas antes de comprar uma casa (existe bem maior??? pois todos são arrogantes ao ponto de o desejarem), antes de se endividarem.

explica-me como é q as familias endividadas sobrevivem? quem dá de comer a quem não soube fazer contas? eu, que faço uma vida simples?? pois


um pequeno exercicio: uma estatistica sobre a relação entre o tamanho da casa e o rendimento do agregado familiar, pode ser q te surpreendas como é q há coragem e bancos q deram financiamento a quem estava na cara q iriam viver à mingua. é isso economia? é. capitalismo selvagem e povo ignorante

Mónica disse...

é o q diz o Lino: já q as pessoas são burras pois q sejam os bancos creteriosos, se os bancos são gananciosos, pois q seja o estado a pôr travão, se o estado quer votos, pois q seja o fmi (ou o caraças) a pôr ordem na economia do lar