14 abril, 2010

mais papistas que eu sei lá...

.





atribuído a Francis Bacon
screaming Pope
(1988)




Desde a primeira hora que achei completamente sem sentido a tolerância de ponto durante a visita do Papa a Portugal. Por tudo. E, também, porque no momento difícil que o país atravessa, e que a Igreja tem denunciado, me soa a egoísmo puro e duro e à sobrevalorização do espectáculo em prejuízo do recolhimento e da vivência interior. Não é preciso argumentar com as contradições que a medida revela no quadro da separação de poderes entre a Igreja e o Estado. Basta olhar para as contradições que a medida encerra no quadro dos valores da própria Igreja. E, depois, nenhum católico, para quem as manifestações públicas de acompanhamento do Papa sejam um momento privilegiado de encontro com a sua fé, seria impedido de participar. Há sempre a possibilidade de "meter" um dia de férias.  Não gosto destes oportunismos seráficos nem acredito na beatitude desta confluência de interesses.
Ler mais aqui.

12 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Uma confissão?! - Preferia o João Paulo... :/

jrd disse...

E se acontecer o que eu espero, quantos dias vão ser "metidos"?
;)

Rogério Pereira disse...

Hoje, concorreu um bocadinho, também, para mudar o mundo...
Obrigado por este seu gesto cívico tão bem ilustrado.

Justine disse...

Completamente de acordo contigo!

Mónica disse...

concordo com a seguinte observação: a Mdsol é mto lirica se pensa q os catolicos metem dias.. por causa do papa?? aposto q nenhum!!!!

n sabia da tolerancia, n sou funcionaria publica essa raça q é mto tolerante :DDD se quisesse ver o papa teria mm q meter um dia, como meto para ir ao medico e outras coisas..

lino disse...

Tens toda a razão. Se a empresa onde trabalho - grande, grande - fechar ou der tolerância, vou beber uns copos e rever um filme de cowboys :))

Mar Arável disse...

Eles comem tudo

Daniel Santos disse...

concordo em absoluto.

Multiolhares disse...

Como se pode invocar a palavra superior quando tanta imundice habitam certos "senhores"
beijinhos

bettips disse...

EI! ... eu não tenho nada contra as convicções religiosas de cada um mas contra esta HIPOCRISIA, tenho tudo contra. E que se saiba este país é uma "república", se a querem das bananas não se escondam ... Talvez uma manif. de gente (tanta será) molestada ou escandalizada com a igreja papal e os seráficos bate-no-peito que todos os dias vemos na tv.
Bjinho

Francisco Clamote disse...

É claro que concordo. Em absoluto. Abraço.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É a nova medida do PEC. Vejamos as coisas pela positiva... o governo vai poupar uns cobres no pagamento dos subsídios de almoço :)