01 março, 2011

porque hoje é terça






Dehai, Pan
dream
(2004)












Maria Bethânia, sonho impossível

Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite provável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar este mundo, cravar este chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã este chão que eu deixei
Por meu leito e perdão
Por saber que valeu
Delirar e morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão

6 comentários:

Rogério Pereira disse...

Não há um único verso acessório
mas destaco isto:
"Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz"

intimidades disse...

ja nao sei o que seria das minhas terças sem as tuas terças

Bjinhos
Paula

intimidades disse...

ja nao sei o que seria das minhas terças sem as tuas terças

Bjinhos
Paula

lino disse...

Poema bem indicado para a nossa actual situação.

heretico disse...

cravemos o chão - para que nasça a flor.

tudo muito bonito - música, voz, poema. e tua partilha

beijo

Mónica disse...

gosto do gordinho