19 janeiro, 2011

silêncio do bom



Posoon Park Sung
silence
(2008)





Jan Garbarek, Egberto Gismonti, Charlie Haden , silêncio


DE NOVO O SILÊNCIO

O silêncio é como se fosse água. Daquela água pura da montanha que se bebe directamente pelo coração.

Jorge de Sousa Braga, os pés luminosos
[o poeta nu - poesia reunida, assírio & alvim, 101]

12 comentários:

Eu, Meu Contrário e Minha Alma disse...

Se todos soubessem ouvir o silêncio
Evitariamos discursos acessórios
Palavras vãs
E risos abafados

Carminda Pinho disse...

que silêncio bom...:)

Isa disse...

que lindo... Beijinhos, minha querida.

Ana Paula Sena disse...

Belo, como sempre, Sol :)

Por vezes, só o silêncio me fala...

...quebro-o para deixar um grande beijinho.

Anónimo disse...

INSERT

Fa menor disse...

:)
há que tempos que aqui não passava!
(re)gostei deste branco!

ariel disse...

No meio da tanta cacofonia, este silêncio é um balsamo.

:)))

lino disse...

É muito bom o som do silêncio :))

O Puma disse...

ás mãos cheias

Bj

heretico disse...

o outro lado da música. tal silêncio...

belíssimo.

R. disse...

Do melhor! [para não quebrar a regra :)]

luisa disse...

Vou passar devagarinho para não perturbar este delicioso silêncio.