12 janeiro, 2011

primeiro ósculo [com anjos, tenho de assear o título]







Bouguereau, William
the first kiss
(1873)











Rui Veloso, primeiro beijo

Recebi o teu bilhete
para ir ter ao jardim
a tua caixa de segredos
queres abri-la para mim
e tu não vais fraquejar
ninguém vai saber de nada
juro não me vou gabar
a minha boca e sagrada

estar mesmo atrás de ti
ver-te da minha carteira
sei de cor o teu cabelo
sei o shampoo a que cheira
já não como, já não durmo
e eu caia se te minto
haverá gente informada
se e amor isto que sinto

Quero o meu primeiro beijo
não quero ficar impune
e dizer-te cara a cara
muito mais e o que nos une
que aquilo que nos separa

Promete la outro encontro
foi tão fugaz que nem deu
para ver como era o fogo
que a tua boca prometeu
pensava que a tua língua
sabia a flor do jasmim
sabe a chicla de mentol
e eu gosto dela assim!

Quero o meu primeiro beijo
não quero ficar impune
e dizer-te cara a cara
muito mais e o que nos une
que aquilo que nos separa!

9 comentários:

João Menéres disse...

Gostei desse teu > TER DE ASSEAR O TÍTULO < !


Então....um beijo.

Carminda Pinho disse...

Gostei dos anjinhos e da musiquinha...:)

Bjinhos

jrd disse...

São anjos mas, pela imagem junta, não são anjinhos...
(Antes um ósculo do que um grrrrrrrr)
:)

Eu, Meu Contrário e Minha Alma disse...

O meu primeiro beijo
deixou-me
para o segundo
o desejo
foi curto
foi demorado
desajeitado
com sabor
a rebuçado

O meu primeiro beijo
foi
como só podia ter sido
a imitar a cena
que vira no cinema...

Mas ela gostou
e sentia-a corar
e assim ficámos,
comprometidos,
namorados...

(acho que todos os primeiros beijos, na minha geração, foram quase todos assim... Apenas, talvez, com sabores diferentes...)

Blondewithaphd disse...

Nunca fui muito à bola com "ósculo", é um bocado agressiva (a palavra) com uma coisa tão doce.

heretico disse...

para anjos não está nada mal. ósculo humaníssimo... rss

Justine disse...

Uma ternura, este teu post:))))
Osculo-te respeitosamente...

jose albergaria disse...

Andaram-me a enganar este tempo todo.
Afinal...os anjos têm sexo!
Muito obrigado, cara amiga, por ter deslindado mais este insondável mistério da criação.
E ainda bem que assim é.

Mónica disse...

ehehe com anjos n se brinca