02 junho, 2011

liberdade de expressão

Lidas em conjunto estas ligações ganham, para mim, um sentido especial, que vai além da soma das partes.

A campanha do ódio
Pela justiça da liberdade 
O meu voto e O meu voto II
O meu voto
Votar, não votar, como votar
Quem ganha com a abstenção

4 comentários:

António P. disse...

Para mim também, mdsol.
Gostei de todos, e já cinhecia a maioria. Afinal "frequentamos" as mesmas tascas.
E nenhum alterou o meu sentido de voto e ainda bem. Vivemos em democracia. Toca a votar.
E que vote bem, mdsol :)))

ariel disse...

Afinal de contas está tudo tão bem explicado no texto Pela Justiça da liberdade... que percebo muito bem a opção de voto de todos os outros textos linkados.

:)))

lino disse...

:))

Mónica disse...

teorias. o voto é um dever. é o minimo que podemos fazer por quem deu a vida por ele