02 junho, 2011

dois do seis







Lee, Jeesoo
june 2
(2010)











Jean-Luc Ponty, point of no return

3 comentários:

Francisco Clamote disse...

Provavelmente sim. Em todo o caso, resistirei até ao fim.

Rogério Pereira disse...

A vida é uma espiral. Todos os ponto são sem retorno. Porém há momentos em que parecem repetirem-se fragmentos... Acontece na música, no quadro, na arte. Por isso acontecerá também em breve, na vida, onde nenhuma coisa será repetida...

(pra pior já basta assim, mas não será...)

Mónica disse...

n compreendo o titulo. fico pelo desenho. a musica é um bocado cacofonica