17 setembro, 2009

haja esperança

.




Gauguin, Paul
Green Christ
(1889)






“A barbárie é antes de mais o homem que acredita na barbárie”. (Lévi-Strauss)

17 comentários:

mfc disse...

A sua pintura tem algo de ascético, mesmo quando é meramente profana.

Blondewithaphd disse...

Haja! Sempre!

Je Vois la Vie en Vert disse...

Haja verde, cor da esperança !

Beijinhos

Verdinha

Fa menor disse...

É capaz de ser...
:)

Violeta disse...

e haja esperança querida mdsol...
bjs

Véu de Maya disse...

E como fazer esse milagre?, Maria do Sol... expressiva a tela...beijinho,
Véu de Maya

intimidades disse...

as vezes e dificil ter. mas nunca a perco


Jokas
Paula

Ana Paula disse...

Excelente citação, e todo o conjunto, como sempre por aqui... :)

Acho que não conhecia esta pintura do Gauguin.

E a esperança continua nossa. Farei tudo para que não me fuja...

Um beijinho grande, Md(Sol).

jrd disse...

Um poste bárbaro.

Vieira Calado disse...

Claro que as cores

têm o seu significado.

Não estão aí por acaso.

Na arte temos temos de ter atenção ao que é subjectivo.

Cumprimentos meus

Carminda Pinho disse...

Esperança, é comigo...

Já desamuaste? :)))
Beijos

Justine disse...

Haja esperança e paciência...revolucionária(como diz o S.)!
Abracinhos

Henrik disse...

A barbárie é antes de mais o homem que se transforma na barbárie.

heretico disse...

... e persistênsia!

lino disse...

:))

Francisco Clamote disse...

Sim, MDSOL. Temos que ter.Abraço.

~pi disse...

pois, poucas coisas existem sem ser por dentro,,,

do mais belo ao mais vil,

tudo é representação e tudo se pode alterar,

resta sim, essa esperança viva!!





beijo





~