13 junho, 2015

sábado de manhã (373)




Maillol, Aristide
nu allongé
(1906)

3 comentários:

O Puma disse...

Uma santa popular

heretico disse...

um certo rubor do corpo...

jrd disse...

Lá por me ter atrasado não significa que não tenha apreciado...
:)