10 janeiro, 2015

sábado de manhã (351)







Bernard, Émile
Madeleine dans le bois d'amour
(1888)

3 comentários:

jrd disse...

Uma Madalena que não se vai arrepender do encanto deste repouso.
:)

Mar Arável disse...

Belos os mares desgrenhados

heretico disse...

em paz, esta "pecadora"...