02 agosto, 2014

sábado de manhã (328)






Degas, Edgar
étude de nu
(c. 1888–1892)

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

acordados
é duvidoso
que poderemos ficar sossegado

talvez por isso
ninguém acorde

jrd disse...

Os "nús" de Degas não têm só manhãs têm o dia inteiro.
Este estudo é admirável.
:)

Lídia Borges disse...


Gosto das bailarinas. Dos nus... também, sobretudo em "jeito" de estudo...

Lídia