18 agosto, 2012

sábado de manhã (226)







Cross, Henri Edmond
young woman
(1906-1907)

4 comentários:

Rogério Pereira disse...

Já fui árvore
E sei quanto custa acordar
Sobre a fresca sombra
que, então, tinha para dar

heretico disse...

pressente-se a brisa. perfumada...

Mar Arável disse...

Belíssima pose

Deus Carmo disse...

O impresionismo também me impressiona.